Oops... algo deu errado!

My Ireland

Procurando inspiração? Planejando uma viagem? Ou apenas quer se enrolar feliz? Nós lhe mostraremos uma Irlanda feita sob medida para você.

    Veja o que a Irlanda tem reservado para você

    Saúde do viajante e atualização sobre a Covid-19

    Aqui está o que você precisa saber sobre seguro de saúde, hospitais e farmácias

    BOM SABER

    1
    Os medicamentos deverão ser transportados em embalagens originais e rotuladas, acompanhadas da receita ou de uma carta do médico.
    2
    Como em qualquer período de férias, é aconselhável adquirir um seguro de viagem antes de viajar.
    3
    Não são necessárias vacinas para visitar a Irlanda.
    4
    A maioria das farmácias funciona das 9h às 18h, mas algumas abrem até tarde e nos fins de semana.
    5
    Membros da UE deverão trazer um cartão de seguro de saúde europeu (EHIC) que cubra a maioria dos cuidados médicos.

    Atualização sobre a Covid-19 (coronavírus)

    Esforços sem precedentes estão em andamento para salvaguardar a saúde pública e limitar a propagação da COVID-19 na ilha da Irlanda. O conselho atual do governo da República da Irlanda é evitar viagens internacionais não essenciais. A partir de 19 de julho de 2021, dependendo da situação de saúde pública prevalecente na época, a Irlanda irá operar o Certificado Digital COVID da UE (DCC) para viagens originárias da UE/EEA. Favor ler abaixo para orientação sobre viagens para a Irlanda do Norte. A Irlanda do Turismo continua a monitorar a situação de perto.

    República da Irlanda

    Todos os passageiros que chegam à Irlanda devem preencher um Formulário de Localização de Passageiros COVID-19 (PLF). Todos os passageiros também são obrigados a ter um resultado negativo/"não detectado" de um teste COVID-19 de Reação de Transcrição Inversa em Cadeia de Polimerase (RT-PCR) (somente este tipo de teste é aceitável) realizado dentro de 72 horas antes da chegada na Irlanda. Os passageiros serão solicitados a apresentar provas de seu resultado negativo/"não detectado" antes de embarcar em seu avião ou balsa; e serão solicitados a apresentar estas provas aos oficiais de imigração na chegada aos pontos de entrada no Estado. As crianças com seis anos ou menos estão isentas desta exigência.

    Todos os passageiros que chegam à Irlanda (exceto os da Categoria 2/'Estados Designados') também são legalmente obrigados à quarentena domiciliar por 14 dias. Esta quarentena deve ser realizada no endereço especificado no Formulário de Localização de Passageiros. Somente categorias muito limitadas de passageiros podem ser isentas desta exigência legal. Um teste pode ser feito no quinto dia de quarentena e se for recebida prova escrita de um resultado negativo, então o período de quarentena é permitido terminar.

    Exigências separadas estão em vigor em relação aos países da Categoria 2 ("Estados Designados"). Consulte aqui a lista atual dos Estados Designados. Qualquer passageiro que tenha estado em qualquer Estado Designado nos 14 dias anteriores, mesmo que tenha transitado por apenas um desses países e mesmo que permaneça no lado ar, é legalmente obrigado a fazer a quarentena em uma instalação designada (quarentena obrigatória em hotéis) na chegada à Irlanda. Para maiores informações, consulte o site gov.ie do Governo da Irlanda.

    Os passageiros que estão totalmente vacinados, e têm os documentos para provar isso, não precisam completar a quarentena obrigatória do hotel. Quaisquer dependentes, incluindo crianças, também estarão isentos da exigência de completar a quarentena obrigatória do hotel. Entretanto, mesmo que os passageiros estejam totalmente vacinados, eles ainda terão que fazer um teste RT-PCR negativo nas 72 horas antes da partida e completar um período de auto quarentena em casa ou no local especificado em seu PLF. Mais informações podem ser encontradas aqui.

    Passageiros chegando na Irlanda vindos da UE/EEA: a partir de 19 de julho de 2021, dependendo da situação de saúde pública prevalecente, a Irlanda irá operar o Certificado Digital COVID da UE (DCC) para viagens originárias da UE/EEA. Um DCC mostrará se um passageiro:

    • está vacinado contra a COVID-19;
    • se recuperou da COVID-19; ou
    • tem um resultado negativo no teste

    Os passageiros que chegarem à Irlanda com um DCC não terão que passar por uma quarentena.

    Entretanto, os passageiros com um DCC baseado em um teste não-PCR (por exemplo, antígeno), ou aqueles que chegarem sem um DCC, exigirão prova de um teste RT-PCR negativo realizado não mais de 72 horas antes da chegada. Crianças entre 7 e 18 anos que não tenham sido vacinadas também devem ter um teste PCR negativo.

    Todos os passageiros serão aconselhados a observar as restrições de saúde pública e a se apresentarem para testes pós-chegada se desenvolverem sintomas de COVID-19.

    Passageiros que chegam à Irlanda vindos de fora da UE/EEA: a partir de 19 de julho, a Irlanda também se alinhará amplamente com a abordagem da UE para viagens não essenciais para a UE vindas de países terceiros. A abordagem para viajar para fora da UE/EEE também se aplicará a viagens da Grã-Bretanha e dos Estados Unidos.

    Para proteger seus cidadãos contra a importação de variantes, um mecanismo de "freio de emergência" será coordenado a nível da UE, para reagir rapidamente ao surgimento de uma variante de preocupação ou variante de interesse. O conselho do governo será evitar viagens para/de um país onde o "freio de emergência" tenha sido aplicado.

    Irlanda do Norte

    Se você estiver chegando à Irlanda do Norte, deverá completar um período completo de 10 dias de auto-isolamento. Mais informações podem ser encontradas aqui. Você também deve fornecer os detalhes de sua viagem antes de viajar, preenchendo um Formulário de Localização de Passageiros do Reino Unido (PLF).

    Qualquer pessoa que pretenda viajar diretamente, ou via outro país, para a Irlanda do Norte de fora da Área Comum de Viagem (Reino Unido, República da Irlanda, Ilha de Man e Ilhas do Canal) deve:

    • fornecer evidência de um resultado negativo do teste COVID-19 tomado até três dias antes da partida;
    • fornecer seus dados de viagem e contato preenchendo o Formulário de Localização de Passageiros (PLF);
    • auto-isolado por 10 dias (o dia de chegada na Irlanda do Norte será tratado como dia zero);
    • e reserve um kit de teste de dois e oito dias, se estiver viajando de países que não fazem parte da "lista vermelha".

    Mais informações podem ser encontradas aqui.

    A partir de 16 de abril, medidas mais rigorosas estão em vigor para pessoas que viajaram de, ou passaram por, um país da "lista vermelha", nos últimos 10 dias antes da chegada. Qualquer pessoa que chegue de um país da "lista vermelha" deve ficar em quarentena em um hotel de isolamento administrado. Eles precisarão reservar e pagar por um pacote de isolamento gerenciado antes de preencher o Formulário de Localização de Passageiros e fazer sua viagem para a Irlanda do Norte. Qualquer pessoa que não cumpra os regulamentos poderá ser recusada pelo transportador e/ou multada na chegada. Mais informações sobre os países da "lista vermelha" podem ser encontradas aqui. Informações sobre a reserva de um pacote de hotel de isolamento gerenciado podem ser encontradas aqui.

    Se as pessoas chegarem na Irlanda do Norte tendo viajado através da República da Irlanda, devem preencher um Formulário de Localização de Passageiros do Reino Unido. Isto se soma às informações de viagem que podem ser solicitadas às autoridades de viagem na República da Irlanda.


    Se você estiver preocupado sobre como a situação afetará seus planos de viagem, recomendamos que verifique com sua companhia aérea, operadora de turismo, companhia de cruzeiro ou fornecedores de transporte e hospedagem.


    Perguntas de viagem sobre a Covid-19

    Qual é a situação do serviço de saúde?

    Apesar de o serviço de saúde em toda a ilha ser de alto padrão, você pode esperar que todos os sistemas estejam sob pressão significativa até novo aviso.

    Quando chegar a hora de viajar, quais medidas de segurança estarão em vigor?

    Carta de Segurança Covid-19 da República da Irlanda

    A Carta de Segurança Covid-19 é uma iniciativa voluntária de empresas na República da Irlanda, elaborada para garantir aos visitantes que os procedimentos de higiene e segurança aprovados pelo governo estão em vigor. Além das diretrizes operacionais da Irlanda – específicas para empresas de turismo – sobre como atender às recomendações de saúde do governo, as empresas que assinam a Carta e exibem seu logotipo se comprometem a respeitar e adotar protocolos de segurança rígidos.

    Os visitantes podem estar seguros de que todas as empresas e funcionários que estiverem exibindo o logotipo da Carta de Segurança Covid-19 se comprometeram com os protocolos rígidos de higiene e segurança e:

    • possuem uma compreensão clara da infecção Covid-19;
    • estão cientes de seu papel e responsabilidade na prevenção da disseminação de Covid-19;
    • possuem uma compreensão clara das precauções padrão necessárias para controlar a infecção;
    • demonstram, de forma consistente, técnicas e práticas corretas de lavagem das mãos;
    • aplicam todo esse conhecimento em todas as operações das empresas.

    Irlanda do Norte – “We’re Good to Go”

    A indústria de turismo e hospitalidade da Irlanda do Norte adotou a política “Good to Go”, que apresenta evidências certificadas de que uma empresa aderiu às diretrizes do governo e é segura para reabrir. O programa destina-se a fornecedores de hospedagem, atrações turísticas, restaurantes e bares, salas de conferências e eventos empresariais, operadoras de turismo e empresas de ônibus.

    “We’re Good To Go” (em português, “estamos prontos”) é a marca oficial para sinalizar que a empresa de turismo e hospitalidade trabalhou arduamente para seguir as diretrizes de Covid-19 do governo e do setor e que possui um processo em vigor para manter a limpeza e ajudar no distanciamento social.

    O esquema “We’re Good To Go” é uma forma de as empresas de turismo garantirem aos visitantes e hóspedes que elas:

    • estão seguindo as orientações do governo e de saúde pública, incluindo os protocolos de distanciamento social e limpeza que devem estar em vigor;
    • realizaram uma avaliação de risco de Covid-19;
    • implementaram os processos de saúde e segurança necessários para conduzir os negócios com segurança.
    Festivais e eventos estão acontecendo?

    A maioria dos festivais e eventos ao ar livre foram cancelados ou adiados. Verifique os sites de festivais para obter informações atualizadas. Atualmente, grupos de até 30 pessoas podem se reunir ao ar livre na Irlanda do Norte. Na República da Irlanda, as reuniões ao ar livre estão limitadas a 200 pessoas. Isto está sujeito a alterações.

    Onde posso obter mais informações?

    República da Irlanda

    As informações mais recentes e o suporte atualizado sobre a Covid-19 na República da Irlanda podem ser encontrados no site do Health Service Executive.

    Irlanda do Norte

    Você poderá obter as informações e orientações mais atualizadas sobre a Covid-19 na Irlanda do Norte no site oficial da Agência de Saúde Pública do país.

    Fale conosco

    Se você não conseguir encontrar as informações de que precisa, entre em contato conosco.

    Viajar para a Irlanda

    Se você estiver preocupado sobre como a situação da Covid-19 pode afetar seus planos de viagem, recomendamos consultar a companhia aérea, operadora de turismo, companhia de cruzeiros, organizador de eventos ou fornecedores de transporte e hospedagem.

    Downhill Strand, Condado de Londonderry

    Serviço de saúde na Irlanda

    A Irlanda possui um excelente serviço de saúde, mas há algumas coisas que você deve ter em mente antes de viajar. Se você estiver trazendo medicamentos para a Irlanda, leve-os em sua embalagem original, claramente rotulada, juntamente com a receita ou uma carta de seu médico.

    É uma regra geral que qualquer coisa acima de um suprimento de medicamentos para três meses será questionada e que quaisquer “drogas controladas”, bem como quaisquer seringas ou agulhas, deverão ser declaradas e explicadas em uma carta de seu médico.

    Viagem e seguro de saúde

    Antes de viajar, você sempre deverá adquirir um seguro de viagem para cobrir quaisquer custos médicos potenciais no exterior, incluindo repatriação/evacuação médica, repatriação de restos mortais e custos legais. Certifique-se de verificar se há restrições que possam afetar sua apólice, e se ela cobre todas as atividades que você planeja fazer na Irlanda. Verifique também se seu seguro de viagem tem cobertura médica. Se você for membro de um dos 28 países da UE, ou da Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça, leve um cartão de seguro de saúde europeu (EHIC), que cobre a maioria dos cuidados médicos. 

    Farmácias

    Há muitas farmácias na Irlanda, e elas são uma boa opção para viajantes que buscam orientação ou indicação médica local. A maioria das pequenas cidades tem uma ou duas farmácias, mas as áreas urbanas têm várias. As farmácias geralmente funcionam das 9h às 18h, de segunda a sábado, porém uma boa parte delas nas áreas urbanas abre até tarde e nos fins de semana.

    Leve óculos ou lentes de contato sobressalentes e, por precaução, a prescrição do oftalmologista.

    Vacinas

    Assim como na maior parte da Europa Ocidental, não são necessárias vacinas para visitar a Irlanda.