Oops... algo deu errado!

My Ireland

Procurando inspiração? Planejando uma viagem? Ou apenas quer se enrolar feliz? Nós lhe mostraremos uma Irlanda feita sob medida para você.

    Veja o que a Irlanda tem reservado para você

    Antigo Oriente da Irlanda

    Surpreenda-se com a maravilha de mais de cinco mil anos de história nesta parte extraordinária da ilha da Irlanda

    Entre nas histórias

    À primeira vista, o Antigo Oriente da Irlanda é uma terra tranquila e bela de colinas verdes, cidades charmosas e águas calmas, tudo emoldurado pelo rio Shannon e pelo mar da Irlanda. Mas explore um pouco mais e você descobrirá uma região que se movimenta com mais de cinco mil anos de história. Há personagens atraentes e antigos mistérios, histórias ocultas e mitos milenares. Explore o Antigo Oriente da Irlanda e faça parte da história.

    Castelo de Cashel, Condado de Tipperary

    História viva

    Não há nada como a sensação de entrar em um monumento de cinco mil anos, ou a impressionante vista costeira do alto de um farol do século XIII. É exatamente disso que se trata o Antigo Oriente da Irlanda: vivenciar a história de dentro para fora. Encare as ondas até a Ilha Spike, em Cork, conhecida como a Alcatraz da Irlanda e, outrora, a maior prisão do mundo. Siga os passos dos vikings pelas ruas estreitas e tesouros medievais de Waterford, ou desfrute de alguns momentos no topo da mística Colina de Tara – a morada dos deuses –, em Meath. Uma viagem pelo Antigo Oriente da Irlanda dá vida à história em um cenário inesquecível. É hora de descortinar o passado...

    Louth

    • Louth
    • Meath
    • Offaly
    • Waterford
    • Wexford
    • Wicklow

    Descubra o Antigo Oriente da Irlanda com os habitantes locais

    Mergulhe em um mundo de histórias fascinantes e mitos maravilhosos com Carina Mountcharles

    O Antigo Oriente da Irlanda é a terra de mitos e lendas e o berço da cultura irlandesa. A região possui mais de cinco mil anos de história, desde os tempos celtas até a era moderna, e está repleta de fragmentos históricos verdadeiramente fascinantes.

    Carina Mountcharles