Torre O’Brien e as Falésias de Moher

Para aqueles que estão familiarizados com as Falésias de Moher, o nome Cornelius O’Brien pode não ser estranho

O' Brien's Tower, County Clare
O' Brien's Tower, County Clare

Cornelius era um homem muito ocupado. Proprietário, advogado e representante do Condado de Clare no parlamento britânico. Ele até combateu em um duelo. Bem, quase.

Ele também construiu uma torre. Para aproveitar as paisagens de e para Moher, O’Brien decidiu construir uma plataforma de visualização no ponto mais alto da falésia. Ela não seria somente prática, mas igualmente bonita. O resultado? A Torre O'Brien.

Possivelmente, as melhores vistas da Torre O’Brien são as próprias falésias. Dependendo da névoa, do dia e do tempo, você pode ter sorte suficiente para ver as Ilhas Aran. O panorama do Atlântico se estende pelo horizonte e as ilhas, uma região Gaeltacht (idioma irlandês) tradicional, se estendem elas próprias pelo oceano.

Big Bens

Parece um pouco exagerado que, a partir das fantásticas Falésias de Moher, um visitante da Torre O’Brien também consiga avistar as montanhas de Connemara, Twelve Bens (também conhecidas por Twelve Pins). Rodeadas de seixos e falésias rochosas, as 12 montanhas (das quais a mais alta é Benbaun, com 729 m) se juntam em um grande círculo, protegendo um vale que se enche de sol ao menor convite.

Você acha que um amigo gostaria de receber este artigo? Clique no para salvar e compartilhar

A oeste

Vire-se para o sul da torre e verá Loop Head e o seu farol perfeito e de um branco imaculado, que funcionou manualmente até 1991, ano em que foi automatizado. Quando você estiver olhando de forma sonhadora para ele, saiba que você pode alugar a casa do farol com a instituição Irish Landmark Trust.

Segundo Karen Johnston, dessa instituição, as vistas a partir daqui também não são nada más: “No piso superior, você sentirá que não existe mais ninguém no mundo enquanto admira, sem parar, a vista sobre o mar. Se você tiver sorte, conseguirá avistar golfinhos e baleias enquanto eles passeiam pelas águas.”

Venha pelas falésias, fique pelas baleias e golfinhos.

Valeu, Cornelius.

Salvar essa página em um livro de recortes:

Adicionar

Salvar essa página em seu Livro de recortes:

Adicionar Adicionar

Você tem livros de recortes criados. Clique em baixo para ver todas as suas páginas salvas.

Ver livros de recortes

Criar um novo livro de recortes:


Cancelar Criar

Essa página foi salva em seu livro de recortes

Visualizar

Hum, não reconhecemos este e-mail. Você pode verificá-lo e tentar novamente?
Nenhum resultado coincide com seus critérios de pesquisa

Precisa de um voo ou de uma balsa?

Pelo mar ou pelo ar, escolha o melhor caminho aqui

Encontrar voos
Encontrar balsas